Artefato Placa de Vídeo: Muito Cuidado

Problemas comuns podem ocorrer na placa de vídeo. É importante estar atento aos sinais de artefatos, que são distorções visuais ou anomalias que podem aparecer durante o uso da placa.

Esses artefatos podem ser indicativos de problemas mais graves, como superaquecimento, falhas no hardware ou incompatibilidade de drivers. Identificar e resolver esses problemas a tempo pode evitar danos permanentes à placa de vídeo e garantir um desempenho adequado do sistema, tenha muito cuidado com relação a isso.

Neste artigo, exploraremos os diferentes tipos de artefatos em placas de vídeo e forneceremos dicas para preveni-los e solucioná-los.

Artefatos?

Artefatos são distorções visuais que aparecem na tela do seu monitor. Eles podem ser causados por problemas na placa de vídeo e indicam possíveis falhas no hardware.

Alguns artefatos podem ocorrer quando há um problema com a placa de vídeo do computador. A fonte desses artefatos pode ser variada, desde um mau funcionamento da própria placa até uma incompatibilidade com outros componentes do sistema.

Artefato Placa de Vídeo

Tipos de artefatos placa de vídeo:

  • Linhas Horizontais ou Verticais: São linhas contínuas que aparecem na tela. Podem ser causadas por problemas na placa de vídeo, no cabo do monitor ou na própria tela.
  • Manchas ou Áreas Desbotadas: Esses artefatos aparecem como manchas de cor irregular ou áreas desbotadas na tela. Geralmente são devidos a danos físicos na tela ou a problemas com a luz de fundo.
  • Cores distorcidas: As cores na tela podem parecer anormais ou distorcidas. Isso pode ser causado por configurações de cor incorretas, problemas na placa de vídeo ou na tela.
  • “Screen Tearing”: Uma discrepância visual que ocorre quando a taxa de atualização da tela não está sincronizada com a taxa de quadros da placa de vídeo, resultando em uma tela que parece estar dividida.
  • Pixelização ou Blocos: Pequenos blocos ou pixels que não exibem a cor correta. Geralmente, isso é devido a problemas com a placa de vídeo ou a configuração de vídeo.
  • “Ghosting”: Uma imagem anterior permanece na tela por um curto período de tempo, mesmo após a exibição de uma nova imagem. Isso pode ser causado por um tempo de resposta lento da placa de vídeo.
  • Congelamento da Imagem: A tela pode congelar e exibir uma imagem estática. Isso pode ser devido a problemas de software, superaquecimento ou problemas com a placa de vídeo.
  • Barras ou Faixas Piscando: Barras que piscam ou faixas que aparecem na tela podem ser causadas por problemas de compatibilidade ou falhas no hardware.

Também nos consoles

Assim como acontece nos computadores, os consoles domésticos também podem apresentar problemas na tela, como artefatos, linhas coloridas, pixels distorcidos ou até mesmo telas congeladas.

https://www.traditionrolex.com/47

Isso ocorre porque eles também possuem uma placa de vídeo e outros componentes semelhantes aos de um computador. Geralmente, a causa desses problemas está relacionada a sujeira presente nos componentes internos e/ou superaquecimento.

Artefato console

Os consoles mais modernos são mais propensos a apresentar esses defeitos. Muitos jogadores do Xbox 360 e do PlayStation 3 relatam que, após a aparição de artefatos na tela, seus consoles pararam de funcionar corretamente, exibindo as famosas 3rl’s ou a luz amarela.

No caso do Nintendo Wii, é mais comum encontrar imagens com artefatos, mesmo quando o console continua funcionando. Alguns usuários tentam resolver o problema trocando o cabo de vídeo, mas isso geralmente não resolve. Infelizmente, a melhor solução nesses casos é encaminhar o console para um serviço técnico especializado.

Como detectar um problema na placa de vídeo?

Imagem com travamentos

Quando a imagem do computador começa a apresentar travamentos frequentes, isso pode ser um sinal de que há problemas com a placa de vídeo. Essas travadas podem ocorrer durante a reprodução de vídeos, jogos ou até mesmo ao navegar na internet.

Uma das razões para os travamentos é a incompatibilidade entre a placa de vídeo e outros componentes do sistema. Por exemplo, se o computador não possui memória RAM suficiente ou uma fonte de alimentação adequada para suportar as demandas da placa, isso pode causar problemas de desempenho e resultar em imagens com travamentos.

Em alguns casos, atualizar os drivers da placa de vídeo pode resolver os problemas de travamento. Os drivers são programas responsáveis por fazer a comunicação entre o sistema operacional e os dispositivos instalados no computador.

Artefatos

Artefatos placa de vídeo são distorções visuais, como linhas, pontos coloridos ou chuviscos, que aparecem na tela. Essas anomalias podem ser causadas por diferentes fatores, como superaquecimento da placa de vídeo ou defeitos no chip gráfico.

Os artefatos podem surgir durante a execução de jogos, ao assistir vídeos ou até mesmo durante o uso normal do computador. Eles podem começar como pequenas falhas e se tornarem mais pronunciados ao longo do tempo se não forem tratados adequadamente.

Superaquecimento da Placa

Quando a placa de vídeo atinge temperaturas muito altas, isso pode levar ao aparecimento de artefatos. O superaquecimento pode ocorrer devido à falta de ventilação adequada no gabinete do computador, acúmulo de poeira nos componentes internos ou até mesmo problemas com o sistema de refrigeração da placa.

Ruído excessivo e calor

Quando uma placa de vídeo começa a emitir ruídos anormais e esquentar demais, isso pode indicar problemas com a refrigeração. É importante ficar atento a esses sinais, pois o superaquecimento pode levar ao aparecimento de artefatos.

Uma possível solução para esse problema é realizar a limpeza dos dissipadores de calor da placa. Com o tempo, poeira e sujeira podem se acumular nesses componentes, dificultando a dissipação do calor. Ao remover essa sujeira, é possível melhorar o desempenho térmico da placa.

Outra medida importante é trocar a pasta térmica da placa de vídeo. A pasta térmica ajuda na transferência de calor entre o chip da placa e o dissipador. Com o tempo, essa pasta pode ressecar ou perder sua eficiência, causando um aumento na temperatura de trabalho. Ao substituir a pasta térmica por uma nova camada, é possível melhorar consideravelmente a refrigeração da placa.

Tela azul da morte

A tela azul da morte pode ser um problema assustador para os usuários de computador. Saiba que a placa de vídeo pode ter relação com este problema.

Se a placa de vídeo acabou de ser instalada no computador, pode estar ocorrendo alguma incompatibilidade e isso pode levar ao aparecimento deste defeito.

Tela azul da morte

Uma das soluções para resolver problemas com a tela azul é atualizar os drivers da placa de vídeo. Os drivers são softwares que permitem que o sistema operacional se comunique corretamente com o hardware do computador. Às vezes, uma versão desatualizada do driver pode causar conflitos e resultar em erros como a tela azul.

Caso a atualização dos drivers não resolva o problema, provavelmente será necessário realizar a substituição da placa por um modelo compatível com as outras peças do computador.

Causas gerais de problemas

Calor

O superaquecimento pode levar ao mau funcionamento da placa de vídeo. Para evitar problemas causados pelo calor excessivo, é importante manter uma boa ventilação no gabinete do computador.

Isso pode ser feito garantindo que as entradas e saídas de ar não estejam obstruídas por objetos ou poeira. Uma boa circulação de ar dentro do gabinete ajuda a dissipar o calor gerado pela placa de vídeo.

Limpar regularmente os dissipadores de calor da GPU é essencial para prevenir danos. Esses dissipadores são responsáveis por transferir o calor gerado pelos componentes para o ambiente externo. Se estiverem sujos ou obstruídos, a capacidade de dissipação térmica fica comprometida, levando ao aumento da temperatura da placa de vídeo.

Overclock

Fazer overclock sem conhecimento adequado pode prejudicar a placa de vídeo. É importante entender que o overclock é um processo em que se aumenta a velocidade do processador gráfico (GPU) além das configurações padrões definidas pelo fabricante.

Aumente gradualmente e monitore as temperaturas

Ao fazer overclock na placa gráfica, é fundamental aumentar gradualmente as configurações para evitar danos. Aumentar diretamente para configurações extremas pode causar superaquecimento e até mesmo danificar permanentemente a placa.

Monitorar as temperaturas durante o processo de overclock também é essencial. O aumento da velocidade da GPU gera mais calor, portanto, certifique-se de que as temperaturas estejam dentro dos limites seguros. Caso contrário, você corre o risco de diminuir a vida útil da sua placa de vídeo.

Eletromigração

A eletromigração é um fenômeno que ocorre quando há um fluxo excessivo de corrente elétrica na placa de vídeo, resultando em desgaste nos circuitos internos. Esse desgaste pode levar a problemas como falha prematura do componente e o aparecimento de artefatos visuais na tela.

Para prevenir a eletromigração, é importante ter um bom sistema de alimentação elétrica para a placa de vídeo e não abusar do overclock. Isso inclui garantir que a fonte de energia esteja dimensionada corretamente para suprir as necessidades da placa e que os cabos estejam conectados adequadamente, evitando qualquer sobrecarga ou instabilidade no fornecimento de energia.

Além disso, o uso de um estabilizador ou filtro de linha também pode ajudar a proteger a placa contra flutuações e picos de tensão que podem causar danos aos componentes eletrônicos.

Danos na memória

Se a origem do problema estiver ligada à memória, você notará uma parte da imagem permanecendo legível e as distorções ocorrendo apenas em certas regiões da tela.

A memória RAM armazena informações como as cores de cada pixel, os quadros futuros de um filme e cálculos geométricos.

Se pequenos pontos coloridos aparecerem na textura de um objeto específico ou em toda a tela, isso significa que a porção da memória responsável pelas cores foi danificada.

Se a área defeituosa da RAM estiver relacionada aos buffers (responsáveis por armazenar os quadros seguintes), linhas coloridas com diferentes padrões aparecerão quando um filme ou aplicativo 3D for executado.

Se o erro estiver na área da memória responsável pelos cálculos geométricos, você verá uma parte da tela com “espinhos”, pedaços de imagens e distorções nas formas dos objetos.

Danos no processador

Danos no processador normalmente não apresentam sintomas específicos. O superaquecimento é uma das principais causas de danos ao processador. Manter uma boa refrigeração é fundamental para evitar problemas nesse componente.

O superaquecimento é um problema comum que pode afetar os processadores. Quando a temperatura do processador atinge níveis muito altos, ele pode sofrer danos permanentes. Isso pode resultar em artefatos visuais na tela, como linhas coloridas, pixels distorcidos ou até mesmo travamentos frequentes.

Para evitar danos ao processador, é essencial garantir uma boa refrigeração do sistema.

Tem solução?

Na maioria dos casos, os problemas com a placa de vídeo têm solução. Confira as principais soluções a seguir:

Atualizar drivers

Atualizar os drivers da placa de vídeo pode ajudar a resolver muitos problemas. Verificar se você está usando a versão mais recente do driver é importante para garantir um desempenho ideal. Você pode visitar o site do fabricante da GPU e baixar a versão mais recente do driver compatível com o seu sistema operacional.

Limpar componentes

A poeira e sujeira acumuladas nos componentes da placa de vídeo podem causar superaquecimento e mau funcionamento. Limpar regularmente esses componentes pode ajudar a manter sua placa em bom estado. Use ar comprimido ou um pincel macio para remover cuidadosamente qualquer acúmulo de poeira.

chuvisco na tela do pc

Melhora do sistema de dissipação do calor

O superaquecimento é uma das principais causas do aparecimento de artefatos na tela do computador. Caso os componentes internos estejam limpos e você ainda esteja enfrentando problemas com superaquecimento, pode ser necessário recalcular o dimensionamento das fans de ventilação presentes no gabinete ou realizar a troca da pasta térmica da placa de vídeo caso ela esteja ressecada.

Prolongue a vida útil da placa

Uma outra possível solução do problema caso a causa esteja ligada a superaquecimento seria realizar a redução da frequência de funcionamento da memória e processador da placa de vídeo e/ou a elevação da ventilação na curva de ventilação das fans da placa de vídeo.

A redução da frequência de funcionamento da memória e processador da placa de vídeo levam a redução do desempenho da placa, mas levam também a redução da temperatura de funcionamento e consequentemente ao aumento na vida útil do componente. Caso a redução da frequência seja feita de forma exagerada, você poderá ter problemas durante a utilização de aplicações pesadas, realize-a com equilíbrio.

Já o aumento da ventilação auxilia na dissipação do calor e redução da temperatura de funcionamento. Apenas fique atento para não exagerar na velocidade de rotação das fans e diminuir a vida útil delas e não aumentar muito o ruído emitido por elas.

Para realizar estes dois processos o software MSI Afterburner é o mais indicado e de fácil utilização. Caso você não tenha experiência e conhecimento técnico para realizá-lo, peça ajuda a um profissional.

Prevenção de problemas e vida útil prolongada

Uma das principais causas dos problemas nas placas de vídeo é o superaquecimento. Certifique-se de que a placa esteja adequadamente resfriada, com ventoinhas limpas e bem posicionadas no gabinete.

Evite também realizar overclock excessivo na GPU, pois isso pode levar a danos irreversíveis. Além disso, evite impactos físicos ou quedas bruscas que possam afetar os componentes internos da placa.

Para prolongar a vida útil da placa de vídeo, faça uma limpeza regularmente para remover poeira e sujeira acumuladas nos dissipadores térmicos e ventoinhas. Mantenha os drivers atualizados para garantir compatibilidade com os jogos mais recentes e corrigir eventuais bugs. Além disso, evite utilizar a placa em ambientes extremamente quentes ou empoeirados.

Ao adotar essas medidas preventivas, você estará contribuindo para a saúde da sua placa de vídeo e garantindo um melhor desempenho nos seus jogos favoritos.

Perguntas Frequentes (FAQs)

Como saber se a placa de vídeo está danificada?

Para saber se a placa de vídeo está danificada, você deve procurar por sintomas que sinalizem isso. Imagem distorcida no monitor ou presença de cores estranhas, computador travando constantemente ou se você estiver tendo problemas para rodar jogos ou programas mais pesados, estes são os principais sinais de que algo está errado. Se você estiver enfrentando esses problemas, é recomendado procurar um técnico especializado para fazer uma análise e verificar se a placa de vídeo realmente está danificada.

O que é um artefato na imagem?

Um artefato na imagem é quando aparecem coisas estranhas ou distorcidas na tela do computador. Pode ser uma linha colorida, pontos pretos ou até mesmo manchas de cores diferentes. Isso acontece principalmente quando a placa de vídeo está com algum problema. É como se a imagem ficasse com defeito e não aparecesse direito. Isso pode atrapalhar bastante na hora de jogar ou ver vídeos no computador. É importante ficar de olho nesses artefatos e tentar resolver o problema o mais rápido possível, para não danificar ainda mais a placa de vídeo.

Teste de artefato placa de vídeo

O teste de artefato em placas de vídeo é uma forma de verificar se a placa está funcionando corretamente e se não há nenhum problema com ela. O teste consiste em exibir imagens específicas na tela do computador e observar se há algum tipo de distorção, como linhas coloridas ou pixels estranhos. Se isso acontecer, pode ser um sinal de que a placa de vídeo está com algum defeito. É importante fazer esse teste regularmente para garantir um bom desempenho do seu computador e evitar problemas futuros.

Placa de vídeo com artefatos tem conserto

Sim, existem soluções para consertar placas de vídeo com artefatos. Caso o problema seja de limpeza e/ou superaquecimento, você pode realizar os procedimentos explicados no artigo anterior para resolvê-lo. Caso as soluções apresentadas não resolvam o problema, talvez o defeito seja mais sério e você deverá levar sua placa de vídeo a um técnico especializado, que irá fazer os reparos necessários.

Como posso evitar artefatos na minha placa de vídeo?

Para evitar artefatos na sua placa de vídeo, certifique-se de que ela esteja adequadamente resfriada, evite o overclock excessivo e mantenha os drivers atualizados. Além disso, faça uma limpeza regular para remover poeira e sujeira acumuladas.


Sobre o autor: